segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Macho ou Fêmea??

Resultado de imagem para periquitos australianos machos e femeas
    Bem... ultimamente muitos leitores do Blog vieram me procurar com essa imensa dúvida. Eu havia postado duas publicações sobre essa tema, mas já faz alguns anos e resolvi postar novamente para ajudar vocês a tirarem essa dúvida agoniante,ou pelo menos tentar ajudar, rsrs. 
    Vamos começar pelo macho. A narina do macho pode variar de cor conforme a idade e a genética. O macho FILHOTE apresentará a narina azul com um forte tom de roxo nas partes inferiores, exemplo é a primeira foto da direita para a esquerda na imagem ao lado. Já o macho ADULTO, apresentará a narina completamente azul, conforme a primeira foto da esquerda para a direita. A medida que ele vai envelhecendo sua narina ficará com um azul fosco. Agora referindo-se a genética, tomemos os Lutinos como exemplo. Tanto o macho FILHOTE quanto o ADULTO apresentarão como cor de sua narina o rosa violeta, ou um roxo bem claro, conforme a segunda foto da imagem da esquerda para a direita. 
    Falaremos sobre as fêmeas agora. A narina da fêmea, também pode variar as cores conforme idade, genética e época reprodutiva. A fêmea FILHOTE apresentará a narina com um azul bem clarinho e disfarçado com o branco, como mostra a segunda foto da imagem da esquerda para a direita. A fêmea ADULTA irá variar as cores de sua narina entre branco e marrom, conforme a época reprodutiva e não reprodutiva. Na época reprodutiva sua narina permanecerá totalmente marrom como mostra a segunda foto da imagem da direita para a esquerda. Já na época em que não reproduz sua narina permanecerá branca com leves tons de azul parecendo-se com a cor da narina de uma fêmea filhote. Já quanto a genética, tomemos os Lutinos novamente como exemplo. Tanto a fêmea FILHOTE quanto a ADULTA apresentarão a narina com um lilás bem clarinho quase branco. E essa coloração permanece sempre, não variando nas épocas reprodutivas. Exemplo é a primeira foto da direita para a esquerda.

Yann Xaneis"

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Criação individual

   Muitas pessoas, talvez por falta de espaço, questões financeiras, falta de tempo ou até simplesmente por preferência, resolvem criar uma única ave em casa. Mas isso pode ser ruim para sua ave, pois em natureza essas aves vivem em grandes números, podendo haver mais de 5.000 aves em um único grupo. Então por questões naturais os periquitos australianos necessitam constantemente de companhia, e por isso, criar uma única ave pode ser um problema. Então se você optar criar uma única ave em casa, tenha em mente que você assume a responsabilidade de estar quase sempre perto dela para lhe fazer companhia, caso contrário, sua ave pode se sentir muito solitária e acabar ''entrando em depressão'', podendo até morrer de solidão.
   Por isso se você não é uma pessoa que sempre terá tempo para estar do lado de seu animal de estimação, não crie essa ave sozinha, compre pelo menos mais um periquito para fazer companhia para ela, ou então nem compre nenhuma ave, porque é muita covardia criar essa ave sem nenhuma companhia.

Yann Xaneis''

sábado, 3 de agosto de 2013

Incômodos noturnos

  Todos sabemos que a noite, sempre vaga por aí vários animais que para os periquitos é um grande incômodo, como gatos, corujas, morcegos etc.Vou deixar algumas dicas de como prevenir de ataques dessas criaturas:

* Sempre mantenha durante a noite suas aves em lugares que em seu ponto de vista estão seguros.
* Se acaso seu viveiro seja grande demais para isso, ou seja um viveiro de chão, se possível cubra o viveiro com um lençol ou com uma tenda, pois tanto gatos quanto corujas tem força suficiente para arrebentar as telas dos viveiros.
* E para quem tem periquitos adestrados, mantenha eles dentro de casa  e tome muito cuidado pois a noite se tornam presas fáceis, pois não enxergam absolutamente nada na escuridão.

   Obs: Mesmo alguns sendo ´´desagradáveis``, nunca maltrate os animais, pois o que eles fazem não é por que querem, e sim por que precisam e é de seu extinto! Então basta se prevenir que você e suas aves não serão incomodados por nenhum animal ´´desagradável``.



Yann Xaneis"


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Troca de casal

  Muitas vezes, em qualquer viveiro, seus periquitos que ainda não formaram casal podem querer a fêmea de outro macho, ou o macho de outra fêmea, assim eles vão acabar brigando, e fica com o macho ou com a fêmea quem ganhar a briga.

  Depois disso os casais vão mudar podendo atrapalhar no acasalamento e na reprodução do viveiro.Para evitar esse acontecimento trágico, você no mesmo momento deverá separar o CASAL FORMADO para outro lugar onde os outro periquitos não os veem nem os escute, pois assim vão esquece-los. Logo em seguida você pode volta-los para o antigo viveiro pondo um fim na briga.

   Essas brigas acontecem normalmente na época de acasalamento, pois eles estão dispostos a brigar para conseguir seu par. Eles por serem bravos não ligam desse par estar com outro periquito, e assim vão para a briga de disputa.
 
   Por isto fica a dica, nunca deixar sobrar periquitos em seu viveiro, ou seja sempre a mesma quantidade de machos e de fêmeas, assim ocorre menos riscos de acontecer essas brigas.


Yann Xaneis"

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Viveiro ecológico

    Aqui está um tipo de viveiro que foi construido por mão humana,esse viveiro é um exemplo de como reciclar materias que iriam ser descartados, além de que essas imagens podem te dar um  exemplo de como construir seu viveiro.                                                       
Yann Xaneis"           

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Hora do banho

  Muitas pessoas pensam, que periquitos australianos não podem tomar banho, mas elas estão completamente enganadas.
 
  As aves, inclusive os periquitos, pelo menos uma uma vez a cada 3 dias costumam a tomar banho.Esse banho pode ser tomado por eles mesmos, ou alguém o dando.

   Para dar o banho é muito simples, é so abrir uma torneira ou coisa parecida, e esperar que ele entre de baixo dela. Mas se caso não entrar você também pode dar pequenos esguinchos de água no periquito que não fazerá mal algun.



Yann Xaneis"

sábado, 28 de abril de 2012

Cuidados com os filhotes.


   
Assim que eles nascem, precisamos ter uma séries de cuidados com eles, para que seu crescimento aconteça sem risco algum.

   Veja alguns cuidados importantes para preservar a vida dos filhotes:

* Conferir se eles não estão em risco de cair do ninho.
* Ver se a mãe e o pai estão cuidando bem dos filhotes.
* Olhar se eles não estão com doenças.
* Tomar cuidado para que os outros periquitos do viveiro não tentem machucá-los.
* Conferir se a comida do viveiro está adequada para eles.

   Essas são algumas dicas de cuidados para que os filhotes fiquem 100% protegidos de perigos. 


Yann Xaneis"

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Uma cria perfeita.

Para ter quase 95% de que as crias de periquitos vão da certo é necessário que a fêmea esteja em um lugar adequado,e espaçoso.

Para isso é óbvio que ela precisa de um ninho,nesse ninho ela vai forrá-lo com serragem pois ela vai roer as madeiras do ninho.Quando ela botar de você quiser saber qual ovo perdeu ou nasceu você pode retirá-lo do ninho rapidamente e numerá-los.

Veja o vídeo:


TEXTO:Yann Xaneis"
VÍDEO:YouTube

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Vejam como pode ser seu criadouro.

Para criar periquitos australianos,é bom que você esteja preparado para fazer um perfeito lugar para criá-la.

Em um viveiro de periquitos australianos,você também pode criar outros tipos de aves sem problemas.Contando que tenha ninhos sobrando para os dois tipos de aves,para evitar brigas entre elas.


TEXTO:Yann Xaneis"
FONTE DO VÍDEO:YouTube.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Cruzamento perfeito.

Um cruzamento correto pode galar até 10 ovos ,mais isso não é dizer que ele CRUZOU uma vez certo que vai vir filhotes não,quanto mais cruzarem, melhor pode galar o ovo,pois com apenas um acasalamento pode dar somente de 4 pra baixo dependendo do casal.

Então quanto mais eles acasalarem mais ovos, e mais chances tem de dar mais de 4 ovos e nascer a maioria.

Vejam um vídeo de como é um acasalamento perfeito:



TEXTO:Yann Xaneis"
FONTE DO VÍDIO:YouTube.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Como diferenciar se é macho ou fêmea quando filhotes?

  Muitas das vezes pessoas não compram filhotes de periquitos australianos pelo motivo de não saber se ele é macho ou fêmea.
  Para saber se é macho ou fêmea quando eles são filhotes é simples, é só olhar na carúncula (nariz) do periquito, se for macho o nariz vai ser roxo ou lilás, se for fêmea o nariz será branco com um pouco de azul em baixo.

  Mas essa diferença não está amostra antes de 1 mês de vida, só depois desse prazo, você já pode saber se é macho ou fêmea.

TEXTO: Yann Xaneis"

quarta-feira, 28 de março de 2012

Todo o ciclo da vida de um periquito australiano.


FONTE: YouTube.

Morte dos filhotes.

   Poucas das vezes, cerca de 30% das crias de periquitos australianos, os filhotes morrem.Isso pode acontecer pelo motivo de: a idade dos pais tem uma diferença muito grande, a fêmea está na primeira cria, o tamanho do viveiro é insuficiente para os filhotes levando a mãe a matá-los, ela esquecer de alimentá-los, outra fêmea invadiu o ninho e matou-os ou pelo simples fato dos filhotes tentarem andar e acabaram caindo do ninho e morrendo.


   Neste caso é bom deixar sempre este casal separado dos outros periquitos se você puder, ou sempre vigiá-los para saber se está ocorrendo tudo bem com eles.

TEXTO: Yann Xaneis"

sábado, 24 de março de 2012

Primeira cria falhou.

  Muitas das vezes a primeira cria de uma periquita fêmea pode dar errado, pois ela fica impaciente dentro do ninho, pisa nos ovos, não tem tanto cuidados com eles, e ela acaba deixando sem querer os ovos esfriar.


  Para evitar isso, é bom comprar uma periquita com mais de 1 ano e por uma macho com a mesma idade com ela pois a diferença de idade pode atrapalhar na hora da cria.


  Se a primeira cria não der certo não se preocupe, pois a segunda é quase certo que vai da certo, se não der é bom ver o que acontece com o casal. Na maioria das vezes nenhuma cria vai dar certo, pois o espaço do viveiro pode ser pouco, por não ter variedades de comidas, ou pelo simples fato da fêmea sentir que seus ovos não vão nascer.

TEXTO: Yann Xaneis"

terça-feira, 20 de março de 2012

Esse joga bem!

Quem reclama que não sabe jogar bola,quem sabe ele não lhe da umas aulinhas? Pois ele entende do assunto!

Doença : Sarna

É uma doença simples, de fácil tratamento, porém causa muito desconforto dor e até a morte do periquito. A Sarna se apresenta com placas escamosas de coloração amarelada, que se situam especialmente nas áreas sobre o bico, em torno do globo ocular e nas extremidades do bico e das patas, podendo ser levada também para a região da cloaca.


Seu tratamento é basicamente aplicações locais de medicamentos específicos, bastando para isto segurar o periquito com umas das mãos, e colocar sobre as regiões afetadas uma ligeira camada de pomada acaricida para pássaros, efetuando uma suave massagem para que se vá soltando as crostas e escamas onde se alojam os ácaros. Aplica-se pulverizações de inseticidas em spray ou pó, especialmente para pássaros. A pomada DOLEMIL é bastante indicada para todos so tipos de sarna aviária.


É comum encontrar esta doença em periquitos que rolam de uma para outra gaiola suja em pequenos comércios de aves pela cidade. Em criadouros onde os pássaros são bem cuidados, desinfetados e desverminados periodicamente é muito raro vermos esta doença.


Quando encontro um periquito nestas condições indico o uso de SBP, inseticida doméstico a base de água. Após agitar o frasco, direciono o jato para bem próximo de um papel limpo e deixo formar uma massa líquida onde com o auxílio de um cotonete aplico esta substãncia sobre as partes afetadas. Esta indicação está presente em livros sobre criação de pássaros, é eficiente, e dependendo do caso resolve com duas ou três aplicações.

Postado por Julio Cesar Dutra Junior às 13:52 | Marcadores: criação de periquitos, cuidados, doenças de periquitos, gaiola, inseticida, livros, periquito australiano, periquito inglês, pássaros, pó, saúde, spray |

segunda-feira, 19 de março de 2012

Os filhotes

  Depois que os periquitos formam casal, eles partem para a fase reprodutiva.Depois de algum tempo que a fêmea botou seus ovos,equivalente a 18 dias os filhotes nascem.

  Com esse nascimento é bom mudar os abitos de criar seus periquitos,pois os filhotes precisam de cuidados especiais como:

*Mudar um pouco a comida para uma comida mais leve e macia.
*Vigiar como a fêmea está reagindo com eles.
*Passar a vigiar mais os filhotes para ver se seu crescimento está indo bem.

  Depois de observar esses cuidados especiais é quase certo que a cria de periquitos podem nascer.

  Com até 9 dias os filhotes vão estar peladinhos e nem abriram os olhos,com uns 12 dias suas penas vão começar a aparecer e seus olhos começaram a abrir,com 18 dias suas penas já estarão aparecendo e seus olhos já estarão abertos e atentos para observar o que acontece ao seu redor,com 25 dias eles já estarão penados e quase saindo do ninho,com 30 dias eles já vão começar a sair do ninho e aprender a comer e beber sozinhos,e a partir de 40 dias eles já saberão a si virar sozinhos.

TEXTO: Yann Xaneis"

sexta-feira, 16 de março de 2012

Aprendam a diferenciar quando é novo ou velho

  Se você deseja ter um periquito,muitas das vezes você tem preferencia se quer ele novo ou velho,as vezes isto pode ser muito importante.


  Se você quer periquitos para criar por muito tempo é preferencial que eles sejam novos,pois se for velhos vão durar por pouco tempo.


  Quando o periquito é novo ele costuma ser mais gordinho,seu olho é todo preto, sua parte inferior da (testa) é carijó, e para diferenciar se é macho ou fêmea é mais difícil.


  Já se ele é mais velho,seu olho tem a íris branca em volta, ele aparentemente parasse ser mais magro,suas penas são menores do que de um periquito filhote, sua (testa) não é mais carijo, ela passa a ser somente de uma cor, e diferenciar se é macho ou fêmea é mais fácil.




TEXTO:Yann Xaneis"

segunda-feira, 5 de março de 2012

Curiosidades

Muitos periquitos acabam se tornando tão dóceis, que são capazes de ficar, durante horas, empoleirados no ombro do seu dono, a observar com curiosidade tudo o que ele faz, ficam muito momados se conversarmos com eles,podendo até dormir em seu ombro.

Eles também podem até aprender a falar,mas para isso vai ser necessário muito esforço e tempo para ensiná-lo,mas para ensiná-lo será necessário retirá-lo do ninho quando ele for bem novinho para que ele acostumo bem com você e sua voz, se tornando ou periquito falante.




Fonte: YouTobe

domingo, 4 de março de 2012

Alimentação

  Para que seu periquito viva por mais tempo e seja saudável você precisa saber o que dar para seu periquito.


  Aqui vai alguns tipos de alimentos para eles:


*Painço
*Alpiste
*Couve
*Banana
*Maçã
*Pão
*Gira sol
*Hortelã
 
  Estas são as principais comidas que eles comem sem problema nenhum e que não faz mal para eles.


  Atenção:
  
  Nunca de abacate ou alface para seus periquitos pois podem dar diarreia neles e os lavar a morte.
  
TEXTO: Yann Xaneis"

sábado, 3 de março de 2012

As cores

  O periquito australiano tem várias cores,tem azul,verde,amarelo,branco,roxo,cinza etc.A cor mais comum antigamente era verde, pois eles quando nascem na natureza são todos verdes.


  Depois de muito tempo de estudo em laboratório conseguiram mudar sua cor,e foi assim em diante mudando as cores e pondo as novas cores para acasalar,até chegar nos tempos de hoje que podemos ver todas as cores.

TEXTO: Yann Xaneis"

sexta-feira, 2 de março de 2012

Veja como vivem na natureza



Fonte: Youtube

Exemplo de amor



Fonte: Youtube

Época de acasalamento

  As vezes muitas pessoas acham que seus periquitos não querem criar, mas podem estar enganadas ,pois eles podem não estar na época de cria.
 
  A época de cria é entre os meses de agosto à janeiro.Quando estão na época de cria sua carúncula ou seja (nariz) ficam mais destacantes.O do macho fica mais azul,e o da fêmea fica bem marrom.

  Depois disso eles começam a procura de seu parceiro ideal,que eles pensam quem será um pai ou uma mãe perfeito(a) para os filhotes,quando eles formam um casal eles ficam juntos eté que um deles morra.

  Depois disso o parceiro que permaneceu vivo vai atrás de outro para formar novamente uma (família).


TEXTO: Yann Xaneis"

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Como Cuidar

  Se optar criar essa querida ave, antes você deve procurar saber e o que deve fazer para cuidar, e dar o maior conforto necessário para ela.

  Aqui vão algumas dicas para facilitar em suas tarefas para agradá-la:
 
  *Compre uma gaiola ou um viveiro que possa viver os casais adultos e seus filhotes.

  *Compre sempre a quantidade de periquitos que você quiser, de modo que não fique apertado, pois eles precisam de espaço para voar e empoleirar.

  *Sempre ponha uma certa quantidade de poleiros onde todas consigam se empoleirar.

  *Se você quiser que elas criem, ponha sempre mais ninhos do que a quantidade de casais, para que eles possam escolher e não acontecerem brigas.

  * Sempre verifique se não está faltando comida, e se a água está limpa.

  * Lave as vasilhas de comida e de água todo dia para evitar parasitas

  * Lave os poleiros e as grades da gaiola para evitar os fungos.

  * Verifique se seus periquitos não estão com doenças e se estão convivendo bem uns com os outros.

  Estas são algumas dicas de como ciar seus periquitos com mais facilidade e com o maior conforto necessário para que eles tenham uma vida feliz.


TEXTO: Yann Xaneis"

Adestramento


   Adestramento é um modo de amansar seu periquito,para fazer esse adestramento é bom que ele seja filhote para facilitar,pois um adulto pode beliscar.

  Você tem que pegar o filhote com no mínimo 1 mês de vida quando ele já esta saindo do ninho.Para começar a adestrar não se esqueça de dar um nome pra ele, depois você deve pegá-lo com o pano pra que ele se sinta confortável e faça carinho na cabeça dele ate ele se amansar.

  Adestrar quando o periquito ainda é um filhote é mais fácil pois eles são muito brincalhões e não se estressam acabando nos beliscando.

  Agora se você preferir adestra um adulto pegue ele com um pano para caso se ele tente beliscar, você esteja protegido, mesmo adulto você também precisa dar um nome pra ele.Depois você deve aparar uma de suas asas e começar o adestramento,não se esquecendo que tem que ser todo dia para que ele não desacostume com você.

TEXTO: Yann Xaneis"

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Casal Perfeito

  Para você ter um casal perfeito de periquito,eles já tem que ter idade suficiente para identificar se é fêmea ou macho.

  Se já da  pra identificar se é fêmea ou macho você também tem que saber sua idade,pois eles tem uma certa idade que ajuda muito na hora de cria,pois se forem muito novos não saberão criar e se for muito velho perdem a experiência.

  A idade ideal que eles devem ter é de 1 à 5 anos de idade,pois eles já estarão na idade perfeita e você tem muita mais chance da cria nascer.Se por acaso você tiver um casal que um dos dois é muito mais velho tente trocar,pondo um mais ou menos da mesma idade para que eles vivam mais tempo juntos, e consigam dar mais crias.

TEXTO: Yann Xaneis"

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Ninho Ideal

   Um ninho ideal é essencial para que os periquitos tenham uma cria mais segura e com menor risco de perda de ovos e filhotes. 

  Este tipo de ninho é encontrado facilmente em agropecuárias que entendam do assunto, costumam  ter sempre um buraco largo e raso para a fêmea botar e ter facilidade para chocar os ovos.
  
  Se por acaso não tiver este buraco peça para trocar ou os ovos podem quebrar por estar em um lugar reto e não ter capacidade pra aguentar o peso da fêmea.
    
  Se você constatar que a fêmea está roendo o ninho, não se preocupe pois ela esta preparando o ninho a seu gosto.
  
  Outra coisa importante é o tamanho do ninho, pois se for muito pequeno a fêmea pode não chocar por falta de espaço para os filhotes quando já estiverem maior.

TEXTO: Yann Xaneis"

Conheça melhor essa encantadora ave de estimação

O periquito-australiano ou periquito-comum (Melopsittacus undulatus) é uma espécie de ave psitaciforme pertencente à família Psittacidae. É um animal de estimação muito popular.
Os periquitos-australianos são aves pequenas, com uma envergadura média de 18 cm. Em cativeiro, têm uma esperança média de vida de 12 anos.

Na Natureza, o periquito-australiano ocorre nas zonas interiores da Austrália, habitando em zonas áridas. A plumagem natural da espécie é em tons de verde. As penas das costas e zona superior das asas são pretas, bordejadas a amarelo. A zona da face é amarela. O macho tem a carúncula (saliência acima do bico) azul, enquanto que a da fêmea é em tom castanho. Em cativeiro, foram criadas outras cores que apareceram por mutações genéticas, sendo as mais conhecidas em tons de azul, mas também existem totalmente brancas. Os periquitos-australianos selvagens são menores que os periquitos-australianos tipo inglês. Estes foram sendo selecionados que possuíam maior altura e peso.

Os periquitos-australianos alimentam-se quase exclusivamente de sementes de gramíneas, quando em estado natural. Em cativeiro, a dieta é complementada com verduras, frutas, farinhadas e outros complementos alimentares. Verduras que comem: chicória molhada, espinafre; Frutas que comem: banana, laranja. Recomenda-se não dar em hipótese alguma abacate e semente de maçã, pois contém substâncias nocivas para a saúde dos periquitos-australianos.

O periquito-australiano é uma das duas únicas espécies de aves psitaciformes verdadeiramente domesticadas pelo homem (a outra é o inseparável-de-faces-rosadas). A espécie é alvo de selecção artificial e reprodução em cativeiro desde a década de 1850. Os periquitos-australianos podem aprender a falar. A ave doméstica registada com o maior vocabulário foi um periquito-australiano chamado Puck.
Os periquitos ondulados como também são conhecidos apresentam uma enorme variedade de mutações do "original" verde: Verde Claro, Azul, Factor Escuro, Cinzento, Violeta, Face Amarela tipo I e tipo II, Opalino, Saddleback, Spangle, Spangle Melânico, Canela, Fallow, Lutinos e Albinos, Diluídos, Asas Claras, Asas Cinzentas, Arco Íris, Corpos-Claro, Arlequim Australiano, Rémiges Claras, Arlequim Holandês, Arlequim Dinamarquês, Amarelos e Brancos de Olhos Preto, Slate, Antracite, Face Preta, Periquitos de Poupa, O Mottle, Bicolores, Frisados, Feather Duster e diversas, para não dizer infinitas, combinações entre estas mutações.

Fonte: Wikipédia 

Periquito australiano

O periquito australiano é uma ave vinda de Austrália a mais de 100 anos. Esta ave foi domesticada e começou a ser criada em cativeiro.
Ela costuma a comer frutas como banana maçã etc. Legumes como couve tomate etc. E também ração industrializada.

A incubação dos ovos leva mais ou menos 18 dias, em seguida começa o crescimento dos filhotes e com isso deve colocar uma comida mais leve mais macia para não ter risco dos filhotes engasgarem e morrer.

Para que os periquitos fiquem felizes e acasalem mais deve colocar no mínimo dois casais de periquitos. Para saber quando é macho ou fêmea olha pela carúncula, ou seja, o nariz da ave se for marrom é fêmea se for macho é azul. Enquanto os filhotes depois de alguns dias fora do ninho que vai começar a identificar se é macho ou fêmea.

Enquanto o tamanho do viveiro, ele deve medir no mínimo 60 cm de largura e 80 de altura, para que os periquitos voam e façam exercício,e não morrer de tristeza.

Caso você queira por outras aves junto com os periquitos,não é bom por esta ave se ela estiver
nova ainda um filhote pois os periquitos podem bater até matar esta ave.

Os periquitos australianos são muito dóceis.Muitas das vezes são adestradas para ser companheiras na maior parte de suas atividades até coça a cabeça para mostrar o carinho.

Se você estiver sozinho é só arranjar um companheiro fiel como esse.

TEXTO: Yann  Xaneis"